publicidade

Rombo nas contas externas ultrapassa previsão do Banco Central

Em doze meses, o rombo já chega a 81,9 bilhões, valor que também supera a projeção do Banco Central de deficit para as transações correntes em 2014

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/06/2014 10:42

Deco Bancillon

O deficit nas relações de troca do Brasil com o restante do mundo atingiu 6,635 bilhões de dólares em maio. O valor é 600 milhões de dólares superior ao rombo projetado pelo Banco Central (BC) para o mês. Mesmo quando comparado a maio de 2013, o resultado também decepcionou, com elevação de cerca de 300 milhões no deficit em transações correntes. Quanto mais dinheiro sair da conta de serviços e comercial, que incluem importações exportações, mais negativo fica esse resultado. Nos cinco primeiros meses do ano o deficit já chega a 40,074 bilhões de dólares, também superando o resultado acumulado de 2013 até maio.

Leia mais notícias em Economia

Em doze meses, o rombo já chega a 81,9 bilhões, valor que também supera a projeção do Banco Central de deficit para as transações correntes em 2014. A boa notícia, entretanto, é que parte deste buraco é coberta pelo Investimento Estrangeiro Direto (IED), que chegou a 5,963 bilhões de dólares em maio, superando em mais de 2 bilhões de dólares o ingresso de capitais diretos registrado no mesmo mês de 2013. Este dinheiro é considerado de melhor qualidade para o financiamento externo, uma vez que os capitais que aportam no país para investimentos ajudam a melhorar a produtividade das empresas e são menos sujeitos a fugas em períodos de crise.

publicidade

Tags:

publicidade