publicidade

Média de ocupação hoteleira no Rio durante a Copa alcança 93,12%

De acordo com a pesquisa, a ocupação hoteleira no Rio de Janeiro durante as oitavas de final da competição alcançou 89,40%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/07/2014 16:25 / atualizado em 03/07/2014 16:29

Agência Brasil

A segunda pesquisa prévia de reservas hoteleiras no Rio de Janeiro para a Copa do Mundo, divulgada nesta quinta-feira (3/7) pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do estado (Abih-RJ), mostra que, até o momento, a média de ocupação para todo o período dos jogos alcançou 93,12%. De acordo com a pesquisa, a ocupação hoteleira no Rio de Janeiro durante as oitavas de final da competição alcançou 89,40%; durante as quartas de final, 87,09%; e para a final, que ocorrerá no próximo dia 13, a previsão é que atinja 97,4%.

Leia mais notícias em Economia


O presidente da Abih-RJ, Alfredo Lopes, está confiante. Ele aposta que a ocupação deverá crescer à medida que as seleções que disputarão os próximos jogos são confirmados. Para ele, a média no dia da final da Copa deve superar 98%. As regiões da capital fluminense que apresentam melhor desempenho durante toda a Copa do Mundo, são Ipanema/Leblon, com ocupação média de 93,51%, Leme/Copacabana (92,10%) e Barra da Tijuca/São Conrado (90,33%).

A segunda prévia da Abih-RJ revela ainda que os melhores índices de ocupação dos hoteis foram registrados nos dias das partidas entre Equador e França (95,82%) e Espanha e Chile (95,16%). Em seguida, aparecem Bélgica e Rússia (94,01%) e Argentina e Bósnia (92,93%).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade