Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Agência mantém nota de "grau de investimento" do Brasil A agência também cita o crescimento fraco da economia e a inflação em torno do limite superior do intervalo de tolerância da meta (6,5%)

Agência Brasil

Publicação: 10/07/2014 12:41 Atualização:

A agência de classificação de risco Fitch Ratings anunciou hoje (10) que manteve a nota do Brasil em BBB, com perspectiva estável, ou seja, não deve haver mudanças em curto prazo. A agência considerou o Brasil na classificação chamada “grau de investimento”, ou seja, há baixo risco de inadimplência, com manutenção do nível de confiança para os investidores aplicarem no país.

Segundo a Fitch Ratings, a nota reflete a diversidade da economia brasileira, a capacidade de absorção de choques e um sistema bancário adequadamente capitalizado. Esses fatores são contrabalanceados por endividamento público relativamente elevado, baixo nível de poupança e de investimento e progresso limitado na melhoria da competitividade e da flexibilidade fiscal.

A agência também cita o crescimento fraco da economia e a inflação em torno do limite superior do intervalo de tolerância da meta (6,5%). A Fitch projeta crescimento médio da economia brasileira em torno de 2%, entre 2014 e 2016.

Leia mais notícias em Economia

Sobre as eleições de outubro deste ano, a agência diz que o próximo governo vai enfrentar o desafio de fazer ajustes para reduzir a inflação e fortalecer as finanças públicas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas