publicidade

Alta de preços inflaciona comidas e bebidas de festas julinas

O valor dos alimentos utilizados para preparar os pratos típicos da festa aumentou cerca de 10,10% entre julho de 2013 e junho de 2014

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 11/07/2014 18:51

As festas de São João, tradicionalmente comemoradas em junho, continuam a acontecer na capital durante os próximos meses, mas aqueles que querem celebrar a data tardiamente vão se deparar com preços mais altos. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/IBRE), o valor dos alimentos utilizados para preparar os pratos típicos da festa aumentou cerca de 10,10% entre julho de 2013 e junho de 2014, mais que a inflação acumulada no período, 6,55%.

As maiores altas registradas foram as dos preços do inhame, 20,77% carnes bovinas, 16,59%, leite de coco, 16,13%, e farinha de trigo, 14,77%. Bebidas também não escaparam do aumento: refrigerantes e água mineral ficaram 10,86% mais caros, e cervejas e chopps encareceram em 12,27%. Dos 20 alimentos que compõem a lista, apenas dois estão pesando menos no bolso do consumidor: o aipim e o leite longa vida, que ficaram, respectivamente, 8,36% e 0,67% mais baratos em 2014.

publicidade

publicidade