publicidade

Copa injetou R$ 4,4 bilhões na economia do Rio de Janeiro, diz secretaria

A cidade recebeu cerca de 886 mil turistas, a maioria deles (471 mil) era estrangeiros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 15/07/2014 12:43

Agência Brasil

 Yasuyosh Chiba/ AFP Photo

A receita injetada na cidade do Rio de Janeiro com a Copa do Mundo chegou a R$ 4,4 bilhões, divulgou nesta terça-feira (15/7) a Secretaria Municipal de Turismo, em um balanço do evento. De acordo com a prefeitura, o número supera a expectativa de R$ 1 bilhão anunciada antes do evento pelo Ministério do Turismo.

Os dados mostram que o número de turistas na cidade chegou a 886 mil, e que a maioria deles (471 mil) era estrangeiros. O gasto médio dos turistas na cidade foi R$ 639 e a permanência média foram nove dias. A taxa média de ocupação da rede hoteleira foi 93,8%, chegando a 99,75% na final, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih).

O secretário municipal de turismo, Antônio Pedro Figueira de Melo, destacou que o evento trouxe para o Rio turistas que não necessariamente pensavam em vir à cidade: "Por isso é tão importante o fato de terem avaliado bem e declarado que recomendariam o Rio quando voltassem para casa. É um público que precisamos cativar".

Leia mais notícias em Economia

Uma pesquisa de satisfação realizada a pedido da prefeitura pela GMR Inteligência de Mercado apontou que 98,3% dos estrangeiros recomendariam o Rio de Janeiro a seus parentes e amigos.

Segundo a pesquisa, 76% dos estrangeiros entrevistados consideraram a segurança pública e a limpeza na cidade ótimas ou boas, índice que chegou a 97,1% no quesito hospitalidade do carioca.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade