publicidade

Receita do setor de serviços tem a menor taxa de crescimento em junho

O índice cresceu 5,7% no mês. A receita acumula altas de 7,4% neste ano e de 8% no período de 12 meses

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 19/08/2014 10:07 / atualizado em 19/08/2014 10:14

Agência Brasil

A receita nominal do setor de serviços cresceu 5,7% em junho deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Essa é a menor taxa de crescimento da série histórica, iniciada em janeiro de 2012, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio, a taxa havia sido 6,6%. A receita acumula altas de 7,4% neste ano e de 8% no período de 12 meses.

Na comparação de junho deste ano com o mesmo período do ano passado, os serviços prestados às famílias tiveram um crescimento de 11,2%, com destaque para o segmento de alojamento e alimentação (12,1%).

Leia mais notícias em Economia

As demais atividades tiveram os seguintes crescimentos: serviços profissionais, administrativos e complementares (7,3%), serviços de informação e comunicação (5,7%), transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (4,6%) e outros serviços (1,2%).

Entre as 21 unidades da federação que tiveram alta na receita nominal dos serviços, o destaque foi o Distrito Federal, com crescimento de 18,7%. Seis das 27 unidades da federação tiveram queda na receita, principalmente Roraima (-7,7%).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade