Economia
  • (5) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aneel reajusta tarifas da CEB e conta de luz no DF fica 18,88% mais cara Reajuste começa a valer em 26 de agosto

Simone Kafruni

Publicação: 19/08/2014 15:48 Atualização: 20/08/2014 14:46

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atualizou, nesta terça-feira (19/8), o reajuste médio de 18,88% nas tarifas de energia da Companhia Energética de Brasília (CEB).

A CEB tem 960 mil consumidores e o reajuste passa a valer a partir do dia 26 de agosto, direto na conta de luz dos moradores do Distrito Federal. Os consumidores de alta tensão, como os industriais, terão alta de 19,9% e os de baixa tensão, 18,38%.

Leia mais notícias em Economia

A CEB Distribuição tinha pedido à agência reguladora um aumento de 45%, mas a Aneel não aprovou o percentual. No ano passado, o reajuste aprovado pela Aneel para a CEB foi 5,75% para os consumidores residenciais e 6,43% para as indústrias.

Ao calcular o reajuste, a Aneel considera a variação de custos que a empresa teve no ano. O cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição e outras despesas que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, como energia comprada, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Com informações da Agência Brasil

Assista à reportagem da TV Brasília


Esta matéria tem: (5) comentários

Autor: kamila kamila
Quase 3 x a inflação. Isso é um abuso do poder econômico. PRIVATIZAÇÃO DA CEB JÁ! | Denuncie |

Autor: Izalberto Freitas
E ainda insistem em afirmar que a inflação está dentro da mete. Mentira, se for feito um cálculo por qualquer instituição independente do Petismo, a verdade vem à tona. E o assalariado se fizer greve para corrigir seus salários, mandam a polícia bater... Este é a verdadeira face do PT... | Denuncie |

Autor: jorge almada
O consumidor terá reajuste médio de 18,88% e a indústria 19,9%, começa gradualmente a liberação dos aumentos das tarifas, represadas pelo governo, o pior virá após as eleições. Preocupante também é o aumento para o setor industrial que repassará aos preços dos produtos fabricados e mais inflação! | Denuncie |

Autor: Leonardo Oliveira
Engraçado que esses aumentos abusivos só ocorrem agora no governo petista...má gestão dá nisso. | Denuncie |

Autor: Vaneide Martins
Coitados de nós pobres e míseros, não teremos mais como sustentar energia em nossas casas. Nosso dinheiro acabou. E agora? sem nínguem pra nos defender. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas