publicidade

Arrecadação da Receita Federal registra o pior mês de julho em quatro anos

O total de tributos recolhidos atingiu R$ 98,8 bilhões em julho, uma queda real (descontada a inflação) de 1,60% em relação ao mesmo período de 2013

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/08/2014 15:36

Rosana Hessel

O enfraquecimento da atividade econômica do Brasil está afetando diretamente arrecadação. O total de tributos recolhidos pela Receita Federal atingiu R$ 98,8 bilhões em julho, uma queda real (descontada a inflação) de 1,60% em relação ao mesmo período de 2013. É o pior resultado para o mês desde 2010, quando foram recolhidos R$ 88,6 bilhões.

Na comparação com o mês anterior, quando foram arrecadados R$ 91,4 bilhões, o aumento foi de 8,12%, conforme dados divulgados nesta sexta-feira (22/08) pela Receita Federal. No entanto, uma das principais contribuições sobre a atividade econômica, a Cofins, teve queda de 5,3%, para R$ 15,4 bilhões. Houve queda expressiva na receita de tributos pagos entidades financeiras, de 23,8% em relação a junho, para R$ 1 bilhão. Os impostos sobre rendimentos sobre o capital encolheram 62,2% no mesmo período, para R$ 2,1 bilhões. A entrada do Imposto de Renda retido na fonte encolheu 22,7%, para R$ 2,2 bilhões.

Leia mais notícias em Economia

No acumulado do ano, o valor coletado pelo Fisco chegou a R$ 677,4 bilhões, uma variação de apenas 0,01% em relação aos R$ 638,3 bilhões computados de janeiro a julho de 2013.

publicidade

publicidade