publicidade

Caem valores dos contratos de locação firmados em São Paulo em julho

Em julho, 46,5% dos locatários utilizaram como garantia um fiador, enquanto 33,5% fizeram depósito antecipado de até três meses de aluguel

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/08/2014 15:21

France Presse

Os valores dos contratos de locação residencial firmados em julho na cidade de São Paulo caíram 0,22% na comparação com junho. Quando se leva em conta os últimos 12 meses, os aluguéis de casas, sobrados e apartamentos registraram elevação de 6,66%, percentual próximo ao da variação do IGP-M nesse mesmo período, de 5,3%.

Leia mais notícias em Economia

A diminuição nos valores de locação dos imóveis foi maior nas unidades de três quartos, que tiveram retrações médias nos aluguéis de 0,5% em julho deste ano ante o mês anterior. Os imóveis de um e dois dormitórios tiveram quedas de 0,2% e de 0,1%, respectivamente, segundo pesquisa feita pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

Segundo a pesquisa, em julho, 46,5% dos locatários utilizaram como garantia um fiador, enquanto 33,5% fizeram depósito antecipado de até três meses de aluguel e 20% fecharam seguro-fiança. As casas e sobrados foram alugados em um período médio de 15 a 35 dias. Os apartamentos registraram um ritmo maior, variando entre 21 e 44 dias.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade