publicidade

FMI reafirma confiança em diretora-geral Christine Lagarde

Lagarde é acusada de "negligência" em um caso que remonta a sua época como ministra da Economia na França

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 29/08/2014 19:03 / atualizado em 29/08/2014 19:45

France Presse


Washington -
Nesta sexta-feira (29/8), o Fundo Monetário Internacional (FMI) reafirmou sua confiança na diretora-geral da instituição, Christine Lagarde, acusada de "negligência" pela Justiça francesa.

"O conselho de administração (do FMI) foi informado dos recentes acontecimentos deste caso e continua a expressar sua confiança na capacidade da diretora-geral de assegurar eficazmente sua missão", afirmou o Fundo em comunicado.

Leia mais notícias em Economia

Lagarde é acusada de "negligência" em um caso que remonta a sua época como ministra da Economia na França. O caso está ligado a uma arbitragem, da qual se beneficiou o empresário francês Bernard Tapie, em 2008, com EUR 403 milhões como indenização por seus prejuízos na venda da Adidas.

Desde o início da investigação, a diretoria do FMI cerrou fileira com Lagarde e reiterou, em diferentes ocasiões, sua "confiança" na titular do organismo.

Na última terça, 26 de agosto, depois de sua audiência na Corte de Justiça da República na França, Lagarde disse não ter intenção de renunciar ao cargo e garantiu que iniciará ações contra uma acusação que considera completamente "infundada".

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade