Economia
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Geap oferece desconto para servidores inadimplentes quitarem débitos O prazo para a renegociação vai de 15 de setembro a 20 de dezembro deste ano

Vera Batista

Publicação: 02/09/2014 08:48 Atualização:

Funcionários que negociarem a dívida terão garantia de retorno imediato aos serviços, sem carência ambulatorial (Breno Fortes/CB/D.A Press)
Funcionários que negociarem a dívida terão garantia de retorno imediato aos serviços, sem carência ambulatorial


Os 29 mil servidores inadimplentes com a Geap, operadora de planos de saúde da maioria do funcionalismo federal, terão a chance de pagar o débito com desconto e voltar a usufruir dos serviços do órgão. Comunicados estão sendo enviados aos devedores, e o prazo para a renegociação vai de 15 de setembro a 20 de dezembro deste ano. Serão oferecidos descontos de 30% e 50%, de acordo com o tempo de atraso, e o número de parcelas dependerá do rendimento do segurado. Os desembolsos mensais não poderão ser inferiores a R$ 20 (veja quadro). A intenção da operadora, segundo Luís Carlos Saraiva Neves, diretor executivo, é resgatar pelo menos 60% do montante global de débitos de R$ 21 milhões.

Se considerar os dependentes, a quantidade de pessoas envolvidas, que poderão voltar a usar o plano de saúde, pode chegar a 75 mil. A medida foi autorizada, em 14 de agosto, pelo Conselho de Administração e Autogestão em Saúde da Geap, por meio do Plano de Recuperação de Dívida e Incentivo ao retorno do Servidor Público Federal. O bolo maior da dívida está concentrado entre R$ 500 e R$ 3 mil, de trabalhadores que ganham de R$ 1,5 mil a R$ 7 mil, principalmente os residentes no Rio de Janeiro e em Brasília.

Leia mais notícias em Economia

Quem aderir ao Plano de Recuperação da Dívida terá garantia de retorno imediato aos serviços, sem carência ambulatorial; além da suspensão dos processos judiciais de cobrança; da isenção de juros e multas; e da exclusão do nome inscrito nos órgãos de cobrança, como Serasa e SPC.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Jean Car
A GEAP deveria repensar nos casos de falecimento do titular do plano, os que são beneficiários poderem ficar no plano sem tempo determinado, ganha a GEAP que vai receber pelo plano e o beneficiário que não ficará sem o plano. Ainda mais que sempre pagou em dia. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas