publicidade

FMI acredita que medidas do BCE ajudarão a enfrentar inflação na Europa

O BCE baixou nesta quinta-feira (4/9) suas taxas de juros e anunciou o lançamento de um programa de compra de produtos financeiros associados a títulos da dívida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 04/09/2014 13:34

France Presse

Gary Cameron/Reuters


Washington
- A diretora-geral del FMI Christine Lagarde elogiou nesta quinta-feira (4/9) as medidas anunciadas pelo Banco Central Europeu (BCE), entre elas o lançamento de um programa de compra de títulos, por considerar que elas ajudarão a enfrentar a baixa inflação na zona do euro.

"Saudamos as medidas tomadas pelo BCE que contribuirão para enfrentar os perigos existentes em um período prolongado de inflação fraca", afirmou a presidente do Fundo Monetário Internacional (FMI) em um comunicado.

O BCE baixou nesta quinta-feira (4/9) suas taxas de juros e anunciou o lançamento de um programa de compra de produtos financeiros associados a títulos da dívida (ABS) para enfrentar o aprofundamento da crise na Europa.

Leia mais notícias em Economia

O presidente do BCE, Mario Draghi, assegurou que a política monetária não poderá, sozinha, promover o crescimento da inflação.

Em várias ocasiões Lagarde pediu ao BCE que flexibilizasse sua política monetária para afastar o fantasma da deflação.

publicidade

Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade