SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

G7 adota princípios comuns para proteger sistema financeiro de ciberataques

O sistema de transferência bancária Swift sofreu recentemente ataques através de um malware que permitia não só iniciar transferências de fundos como também falsificar declarações ou confirmações bancárias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/10/2016 17:35

France Presse


Washington, Estados Unidos
- Os países do G7 adotaram uma série de princípios para proteger o sistema financeiro de ataques virtuais, anunciou nesta terça-feira o Tesouro americano.

Os setores público e privado dos sete países mais ricos do mundo - Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, Reino Unido, Itália e França - estão convidados a aplicar essas disposições sem que seja legalmente obrigatório. Isso representa um feito "único e histórico", afirmou a secretária-adjunta do Tesouro, Sarah Bloom Raskin.

"As ameaças cibernéticas mantiveram a atenção das autoridades de regulação em seu nível mais alto (...) Não desestabilizou o setor financeiro, mas ameaçou", acrescentou durante uma coletiva de imprensa por telefone.

Leia mais notícias em Mundo


"Os recentes incidentes envolvendo a rede Swift e outros ataques virtuais ressaltam realmente a necessidade de uma cibersegurança forte para todo o setor financeiro", comentou.

O sistema de transferência bancária Swift sofreu recentemente ataques através de um malware que permitia não só iniciar transferências de fundos como também falsificar declarações ou confirmações bancárias.

O grupo de segurança informática Symantec afirmou nesta terça-feira que um malware chamado Trojan.Odinaff atacou várias organizações financeiras desde o início do ano, entre eles o Swift.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade