SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Dívida pública federal fica estável e recua 0,04% em agosto

Dados divulgados pelo Tesouro Nacional apontam que o endividamento público chegou a R$ 2,95 trilhões. Resultado foi influenciado pelo resgate maior de papéis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2016 10:09

Antonio Temóteo

A dívida pública federal, que inclui os endividamentos interno e externo do governo, registrou redução de 0,04% em agosto e chegou a R$ 2,95 trilhões, conforme dados divulgados nesta manhã (17/10) pelo Tesouro Nacional.

A pequena redução na dívida pública se deve ao maior resgate de papéis em relação a julho. O governo pagou aos investidores R$ 99,55 bilhões enquanto que as emissões de dívida totalizaram R$ 66,38 bilhões. Com isso, houve um resgate líquido de R$ 33,17 bilhões.

Apesar disso, as despesa com juros em agosto chegaram a R$ 31,84 bilhões, fator que contribui para o crescimento da dívida pública. Os dados sobre o endividamento público federal foram divulgados com atraso porque os servidores do Tesouro estavam em greve. Com isso, os dados de setembro serão publicados em 25 de outubro.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade