SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Rombo das contas públicas atinge R$ 96,6 bilhões em setembro

No mês passado, o deficit primário foi de R$ 25,3 bilhões. Em 12 meses terminados em setembro, o resultado do governo central é um buraco de R$ 138,2 bilhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2016 15:06 / atualizado em 27/10/2016 18:58

Simone Kafruni

O rombo das contas públicas atingiu R$ 25,3 bilhões em setembro e acumula deficit primário de R$ 96,6 bilhões no ano. É o pior resultado desde o início da série histórica em 1997, ou seja, em 20 anos.

No acumulado em 12 meses, no entanto, desconsiderando o efeito do pagamento de R$ 55,6 bilhões de passivos realizado em dezembro de 2015, que não ocorrerá em 2016, o resultado é um buraco de R$ 138,2 bilhões em termos reais.

Leia mais notícias em Economia


A meta do governo é fechar 2016 com deficit de R$ 170,5 bilhões.

O aumento do rombo da Previdência Social (RGPS) tem sido o principal condicionante do resultado primário do governo central. No acumulado até setembro, o RGPS registrou déficit de R$ 114,2 bilhões, enquanto o Tesouro Nacional e o Banco Central foram superavitários em R$ 16,8 bilhões a preços de setembro.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade