SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Governo registra rombo de R$ 26,6 bilhões em setembro

Resultado é o pior para o mês, conforme dados do Banco Central. No acumulado do ano, necessidade de financiamento já chega a R$ 85,5 bilhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/10/2016 11:14 / atualizado em 31/10/2016 16:15

Antonio Temóteo

O setor público registrou em setembro um déficit primário de R$ 26,6 bilhões, conforme dados divulgados nesta manhã (31/10) pelo Banco Central (BC). No acumulado do ano, o rombo chegou a R$ 85,5 bilhões.
 
No mesmo período do ano passado, a necessidade de financiamento chegava a apenas R$ 8,4 bilhão. 
 
São os piores resultados tanto para o mês quanto para o período acumulado desde dezembro de 2001, quando a autoridade monetária iniciou a série histórica.Nos últimos 12 meses encerrados em setembro, as contas públicas cravaram um deficit de R$ 188,3 bilhões,  valor que corresponde a 3,08% do Produto Interno Bruto (PIB). 
 
 
Esse é outro recorde negativo desde que essa  série foi iniciada pelo BC em 2002.De acordo com Orçamento da União para 2016, o setor público tem como meta um deficit de R$ 163,9 bilhões  Esse balir inclui um resultado negativo de R$ 170,5 bilhões para o governo federal e um superavit de R$ 6,6 bilhões para os governos estaduais e municipais.

Os dados têm sido influenciados, sobretudo pelo déficit da Previdência Social, que registraram um rombo de R$ 112,6 bilhões de janeiro a setembro. Apesar do valor acumulado em 12 meses já superar a meta, até o final do ano o deficit . Isso porque o governo contará com recursos da repatriação. 





publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade