SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Dólar sobe à espera de dado de emprego nos EUA e com Trump no radar

Às 9h35, o dólar à vista tinha alta de 0,32%, a R$ 3,2468. O dólar para dezembro subia 0,31%, a R$ 3,2740

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/11/2016 10:13

Os mercados locais estão em compasso de espera pelo relatório de emprego dos Estados Unidos (10h30, de Brasília) e isso se reflete em movimentos moderados nos ativos, com dólar em leve alta. A previsão dos analistas para o número de postos de trabalho criados é de 173 mil, ante +156 mil em setembro.

Como pano de fundo seguem as incertezas com relação à disputa presidencial dos Estados Unidos, com temores de uma vitória do republicano Donald Trump a apenas quatro dias das eleições.

O dólar também sobe ante as principais rivais e moedas de países emergentes, e a leve baixa do petróleo contribui para esse avanço. O petróleo, por sua vez, é pressionado pelas dúvidas sobre as negociações da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para conter a oferta da commodity no mercado. Mesmo algumas declarações otimistas do comando da Opep de quinta não conseguiram melhorar o quadro.

Leia mais notícias em Economia

Às 9h35, o dólar à vista tinha alta de 0,32%, a R$ 3,2468. O dólar para dezembro subia 0,31%, a R$ 3,2740. O petróleo WTI para dezembro caía 0,04%, a US$ 44,64 o barril, na Nymex, e o Brent para janeiro recuava 0,41%, a US$ 46,16 o barril, na ICE.

Por agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade