SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sul terá o nono dígito no telefone celular a partir deste domingo

Região é a última do país a modificar a numeração das linhas móveis. A medida vale para todos os DDDs do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/11/2016 15:26 / atualizado em 04/11/2016 15:31

Simone Kafruni


Neste domingo, as linhas móveis da Região Sul passam a contar com o nono dígito, como já ocorre no restante do país. De 6 de novembro, quando o sistema começa a funcionar, até 15 de novembro, as chamadas feitas com oito ou nove dígitos para celulares do Paraná (DDDs 41, 42, 43, 44, 45 e 46), de Santa Catarina (DDDs 47, 48 e 49) e do Rio Grande do Sul (DDDs 51, 53, 54 e 55) serão completadas normalmente.

 

De 16 de novembro até 13 de fevereiro de 2017, as ligações marcadas com oito dígitos para aquela região serão interceptadas e o usuário vai escutar uma mensagem informando que deve ligar novamente incluindo o 9 na frente do número do telefone.Daí para frente, o usuário terá que digitar corretamente senão a chamada não será efetuada.

 

Leia mais notícia de Economia

 

Desde esta sexta-feira, começou a funcionar no Rio de Janeiro, a Sala de Situação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), de onde serão coordenados os trabalhos de implantação do nono dígito na telefonia móvel na última região do país que ainda não opera com nove números para compor uma linha celular. O grupo reúne técnicos da Anatel e representantes da Algar Telecom, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo, além de fornecedores de equipamentos de telecomunicações como Huawei e Ericsson.

 

Segundo o coordenador de Numeração da Anatel, Affonso Feijó Ribeiro, o objetivo é que o grupo possa resolver qualquer emergência durante a implantação do sistema. “Se ocorrerem problemas, eles serão restritos e de rápida solução, mantendo o mesmo padrão das outras implantações do nono dígito no país”, explicou Ribeiro.

 

Foram realizados 95 mil testes durante a primeira simulação de funcionamento do nono dígito no Sul. Segundo o coordenador de Numeração, os testes iniciados em agosto e encerrados em outubro atingiram 100% de eficiência. Os ensaios incluíram chamadas locais simples com o nono dígito a ligações entre códigos diferentes, interligando todos DDDs da Região Sul.

 

Com a implantação do nono dígito a capacidade de numeração de cada DDD aumenta de 37 milhões para 90 milhões, atendendo a expansão da telefonia móvel e também a crescente demanda de aplicações máquina a máquina (M2M) e internet das coisas (IoT), como automação residencial e rastreamento de veículos.

 

“A implantação do nono dígito é gratuita e de responsabilidade das prestadoras da telefonia móvel”, ressaltou a Anatel. As operadoras disponibilizam aplicativos que auxiliam o consumidor na atualização de sua agenda.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade