SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Com queda de preço, iPhone volta a ter filas em lançamento no Brasil

A queda no valor do aparelho levou consumidores a esperar em longas filas desde as 7 horas da manhã

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/11/2016 14:46

A Apple começou nessa sexta-feira (11/11), a vender os novos modelos do iPhone no Brasil. Anunciados em setembro, os iPhone 7 e 7 Plus chegaram às lojas do País a partir de R$ 3,5 mil - R$ 500 a menos do que o preço de lançamento do iPhone 6S por aqui.

A queda no valor do aparelho acabou animando os consumidores: a loja oficial da marca em São Paulo, no Shopping Morumbi, na zona sul da capital paulista teve uma longa fila de clientes em busca do aparelho desde as 7 horas da manhã - a venda no local começou apenas três horas depois, quando o shopping foi aberto.

No ano passado, havia apenas uma pessoa esperando para comprar o iPhone 6S quando a loja se abriu - o engenheiro eletricista Marcos Tomazini, de 36 anos. Em 2016, os primeiros da fila vieram de longe: o garoto Gabriel Manzolli Prates, de 14 anos, e sua avó, Ivone Covaski, viajaram de Araraquara, a 270 km da capital paulista, para comprar a versão mais simples do iPhone 7, com 32 GB de armazenamento.

 

Leia mais em Economia

 

"Vim só para comprar o iPhone. Acho que é um bom celular", disse o garoto à reportagem. "Quis chegar cedo para não pegar fila, mas não fazia questão de ser o primeiro", explicou Prates. Vestido com uma camiseta de Bart Simpson e usando a primeira versão do Apple Watch em seu pulso, Prates disse que ganhou o iPhone 7 de presente de sua avó e pretende utilizá-lo para "mexer na internet" e jogar - ele é fã de games como Pokémon Go e Candy Crush. Antes de comprar o iPhone 7, ele usava um iPhone 6 - e diz que não pretende trocar a marca pelo sistema Android. "Acho muito complicado."

Os iPhone 7 e 7 Plus podem ser encontrados tanto em redes varejistas como em sites de comércio eletrônico: os preços vão de R$ 3,5 mil a R$ 4,9 mil (na versão com 256 GB de armazenamento para o iPhone 7 Plus). No mercado brasileiro, o iPhone 7 será vendido em cinco cores: preto, preto brilhante, prata, ouro e rosa dourado.

Outro aparelho que começou a ser vendido no País nessa sexta-feira, 11, é a segunda edição do relógio inteligente Apple Watch - também chamado de Apple Watch 2. Com GPS integrado ao relógio, o aparelho chega ao mercado nacional por preços a partir de R$ 3 mil.

Nova versão


O iPhone 7 apresentou poucas mudanças em relação ao modelo anterior. O aparelho se tornou resistente à água e à poeira em sua nova versão, tecnologia já disseminada entre os concorrentes, como a Samsung e Lenovo. Outra novidade foi o processador, que promete tornar o smartphone mais rápido e com menor consumo de bateria. A câmera ganhou novo sensor e conjunto de lentes, mas manteve a resolução em 12 megapixels - a mesma desde 2014.

A mudança mais radical, entretanto, foi o fim da tradicional entrada para fones de ouvido, o que causou revolta entre os usuários. Quem comprar o iPhone 7 terá de usar apenas fones com fios ou modelos que se conectam via Bluetooth da própria marca. No evento, a empresa anunciou um novo fone de ouvido sem fio, chamado AirPods. "Tivemos coragem de mudar para algo mais moderno", justificou o vice-presidente de marketing da Apple, Phil Schiller, no evento. "Nossa visão é de que o futuro será sem fio."

 

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade