SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Correio debate a força da venda direta no Brasil

Programe-se, empreendedor!

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2016 08:00

Em momentos de crise econômica e incertezas pelo mundo, entrar em contato com novos mercados, seu potencial e desafios é muito importante para quem quer progredir. A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), em parceria com o Correio Braziliense, promoverá, no próximo dia 22, um debate sobre tendências e oportunidades para o segmento no país. O setor de venda direta conta com mais de 4,6 milhões de empreendedores e, em 2015, foi responsável por um faturamento de R$ 41,6 bilhões.

O evento Empreendedorismo: A força da venda direta no Brasil ocorrerá no auditório do Correio para mais de 120 convidados. Participarão dos debates a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra da Silva Martins Filho e o diretor-presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, além de representantes de outras entidades e órgãos ligados ao governo.

Estarão em pauta, além da crise econômica mundial e seus reflexos e impactos socioeconômicos sobre o setor, a falta de flexibilidade da legislação brasileira, segurança jurídica e a importância da diversidade do mercado. No encontro, também serão apresentadas histórias de sucesso no país. “O empreendedorismo tem o poder de transformar pessoas, pois promove melhorias na vida dos cidadãos e na sociedade como um todo. No Brasil, o setor de vendas diretas está ligado diretamente ao espírito empreendedor e tem dado oportunidade para milhões de pessoas, além de ser uma contribuição importante para a economia do país”, salienta Roberta Kuruzu, diretora executiva da ABEVD.

A associação divulgará, durante o evento, dados exclusivos sobre a dimensão do segmento no Brasil, com objetivo de mostrar a real amplitude e as oportunidades existentes no país, assim como traçar um perfil socioeconômico dos empreendedores. “O Brasil é o sexto mercado do mundo em vendas diretas. Nosso potencial de crescimento é grande, porém, para continuarmos contribuindo para a economia do país, é preciso discutir assuntos relevantes e fundamentais para o crescimento do setor”, completa Roberta Kuruzu.

Objetivo


A ABEVD é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 1980 com o objetivo de promover e desenvolver as vendas diretas no Brasil. Com mais de 60 empresas associadas dos mais diversos setores, a entidade busca essencialmente a prática da relação saudável entre consumidores e revendedores e o oferecimento de produtos de alta qualidade por um preço competitivo e alinhado com as necessidades dos clientes. A venda direta é um sistema de comercialização de bens de consumo e serviços basedos no contato pessoal entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo.

Correio Debate 

Empreendedorismo: A Força da Venda Direta no Brasil
» Programação
De 8h30 as 9h — Credenciamento e welcome coffee
9h — Abertura com Ives Gandra da Silva Martins Filho, presidente do Tribunal Superior do Trabalho
De 9h35 as 10h15 — Painel 1: Os impactos socioeconômicos da venda direta e suas histórias de valor, com David Legher, presidente da Avon Brasil
De 10h15 as 11h — Painel 2: As legislações trabalhista e tributária e os impactos no setor, com Antonio Correia de Almeida, secretário executivo do Ministério do Trabalho, deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR) e Guilherme Augusto Caputo Bastos, ministro do Tribunal Superior do Trabalho
De 11h as 11h20 — Coffee break
De 11h20 as 12h — Painel 3: Venda direta: uma oportunidade para todos, com Ana Fontes, Rede Mulher Empreendedora
12h — Encerramento

Data: 22/11/2016
Local: Auditório do Correio Brasiliense
Inscrições: gratuitas, no correiobraziliense.com.br/correiodebate, até 21/11/2016

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade