SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Smartphone ainda é o presente mais desejado pelos consumidores brasileiros

Não é de hoje que os smartphones estão no topo da lista de desejos dos brasileiros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2016 11:26

AFP / Jack Taylor / Jack Taylor


Apesar de a crise econômica ter reduzido o poder de compra do brasileiro no último ano, o desejo de comprar um smartphone - ou de trocar o atual por um mais avançado - não cessou. Com a aproximação do período de promoções que começa com a Black Friday, em 25 de novembro, e termina com o Natal muitas pessoas estão vendo uma oportunidade de, finalmente, viabilizar a compra

Não é de hoje que os smartphones estão no topo da lista de desejos dos brasileiros. De acordo com a empresa de pesquisa eBit, eles movimentaram R$ 360 milhões em vendas em sites de comércio eletrônico durante a Black Friday em 2015. Para este ano, segundo pesquisa encomendada pelo Google em agosto, os smartphones se mantém no topo da lista de produtos que as pessoas planejam comprar na Black Friday, com 44% das intenções de compra, à frente de calçados e roupas femininas. No total, 57% dos entrevistados afirmaram que planejam comprar um smartphone nos seis meses posteriores à pesquisa - o que abrange as celebrações de Natal e Ano-novo.

Leia mais notícias em Economia

"A Black Friday no Brasil não é só um dia para o segmento de smartphones, é um mês", diz o analista de pesquisas da IDC Brasil, Diego Silva. "Os varejistas e os fabricantes estão com expectativa excelente para esse período."

Prova disso, segundo o analista, é a quantidade de promoções de smartphones que varejistas têm divulgado desde o primeiro dia de novembro. Com as ações, eles tentam impulsionar as vendas da categoria, que sofreu com a queda nas vendas por cinco trimestres consecutivos. "As fabricantes estão sentindo que há uma retomada do crescimento desse mercado", diz Silva. As fortes vendas previstas para Black Friday e Natal devem ajudar o segmento de smartphones a fechar 2016 com um resultado melhor que o previsto pela IDC, que projeta 14% de queda em relação a 2015.

Outras apostas - Para quem já tem um smartphone para chamar de seu, a dica é aproveitar o período de promoções para comprar um produto que enriqueça a experiência com o dispositivo Não é difícil encontrar acessórios inovadores, como relógios inteligentes e centrais multimídia. Enquanto os primeiros permitem receber notificações, contar passos e até pedir um táxi direto do pulso, o segundo facilita a exibição de conteúdo produzido com o celular para a TV, de forma descomplicada.

E para quem é fã de jogar games no celular ou na TV, as promoções podem dar uma força para trocar o videogame antigo por um mais recente ou, ainda, renovar a coleção de jogos para curtir, sem pressa, a temporada de férias.

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade