SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Com cenário otimista no exterior, Bovespa sobe e já supera os 62 mil pontos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2016 10:58

O ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR) entrou com notícia-crime no Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) contra o juiz Glaucenir Silva de Oliveira, da 100ª Zona Eleitoral, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, que determinou sua prisão preventiva.

A Bovespa abriu em alta e o Ibovespa já superou o patamar dos 62 mil pontos. O bom humor nas bolsas da Europa e nos índices futuros americanos, somado à queda nas taxas dos vencimentos mais longos nos Treasuries, compõem o cenário externo desta terça-feira, 22, bastante positivo para renda variável no Brasil. 
Apesar de mais cedo apontarem alta firme, os contratos futuros de petróleo na Nymex (NY) e na ICE (Londres) chegaram a exibir sinal negativo por alguns minutos e, por volta das 10h10, voltaram a subir. Vale lembrar que os dois vencimentos encerraram a sessão de segunda-feira com alta superior a 4%.

Às 10h18, o Ibovespa subia 1,69% aos 62.099,31 pontos. Mesmo com a cotação do petróleo titubeando entre o sinal positivo e o negativo, as ações da Petrobras seguem em alta firme (ON +2,55% e PN 2,89%). 

Na manhã desta terça, o Banco Central divulgou que os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 8,400 bilhões em outubro. O resultado ficou acima das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast com 21 instituições financeiras, que iam de US$ 5,900 bilhões a superávit de US$ 7,000 bilhões, com mediana de US$ 6,500 bilhões. 

Já o déficit em conta corrente ficou negativo em US$ 3,339 bilhões em outubro. Este resultado de outubro representa o menor déficit para o mês desde outubro de 2009, quando somou US$ 3,021 bilhões. O resultado do mês passado ficou pior que a mediana negativa de US$ 3,000 bilhões apontada pelo levantamento realizado pelo Projeções Broadcast com 21 instituições, que ia de um déficit de US$ 1,000 bilhão a déficit de US$ 3,600 bilhões A estimativa do BC é de que o rombo externo de 2016 seja de US$ 18,0 bilhões.

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade