SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasil tem sistema financeiro sólido com liquidez e provisões, diz BC

A partir da retomada da confiança de consumidores e empresas, Damaso julgou que os bancos estão prontos para a retomada do crédito e serão um pilar da recuperação econômica.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2016 11:00

O diretor de regulação do Banco Central, Otávio Ribeiro Damaso, disse nesta terça-feira, 22, que o sistema financeiro nacional tem bons níveis de liquidez, capital e provisão, mostrando resistência nos testes de estresse. A partir da retomada da confiança de consumidores e empresas, Damaso julgou que os bancos estão prontos para a retomada do crédito e serão um pilar da recuperação econômica.

Ao participar de seminário promovido pela Acrefi na capital paulista, o diretor do BC lembrou que a oferta de crédito no País mostra acomodação desde 2013, como resultado da fraca atividade econômica, do desemprego e da baixa propensão ao investimento pelas empresas. Ainda assim, considerou natural o sistema adotar uma postura mais conservadora e avaliou que os bancos se adaptaram bem ao período de desaceleração da economia.
"Esse é o grande ganho que nós tivemos nesse período de retração", assinalou, após mencionar o crescimento, de 25% para mais de 50%, da proporção do crédito no PIB nos últimos 14 anos

Desafio da inovação

Damaso citou a regulação, mais rígida após a crise financeira internacional deflagrada em 2008, e a inovação, um processo no qual, segundo ele, o Brasil entrou tarde, entre os desafios a serem enfrentados pelo sistema financeiro nacional.

Ao participar de seminário promovido pela Acrefi, lembrou que a maior parte das novas exigências de capital (Basileia 3) já foi publicada, colocando ao setor o desafio de adaptação.

O segundo desafio, disse, está relacionado ao processo de inovação que está "mudando a cara" no relacionamento entre bancos e clientes e ao qual o BC vê com "bons olhos", com "potencial enorme" de inclusão social. Damaso avaliou que o Brasil, a partir de movimentos como a automatização bancária, está gradualmente rompendo as barreiras físicas, mas entrou mais tarde nesse processo.

Durante seu discurso, o diretor do BC afirmou ainda que o sistema financeiro nacional, pouco disposto a assumir riscos externos, tem saúde financeira sólida, com modelo de provisão mais adequado do que o de outros países. Ainda assim, ele ressaltou que o Banco Central está "100% atento" à estabilidade financeira.

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade