SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Black Friday: sites que reúnem melhores ofertas são ferramentas ideais

Por conta da infinidade de empresas, é possível que o menor preço para o mesmo item passe despercebido

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/11/2016 08:49 / atualizado em 25/11/2016 08:58

Renato Souza - Esp. para o CB

Realizar compras pela internet permite que o consumidor visite várias lojas em pouco tempo. Mas por conta da infinidade de empresas, é possível que o menor preço para o mesmo item passe despercebido. A solução neste caso é utilizar buscadores — sites especializados na comparação de custos e produtos das mais diversas lojas.

O site brasileiro Buscapé, que compara preços entre as lojas cadastradas em todo o país, está entre os mais usados pelos consumidores. São mais de 8,5 mil estabelecimentos que tem seus valores avaliados em tempo real.

O sistema utilizado pelo site permite que o cliente pesquise o histórico de preços dos produtos. É possível conferir, por exemplo, quanto custava um computador há 12 meses, em várias lojas. A estudante Karina Lisboa, de 21 anos, é uma consumidora bem atenta aos preços e pesquisa bastante para conseguir o menor valor. 

“Eu sempre pesquiso nos sites que mostram os custos em diversas lojas. Pesquiso na internet, uso buscadores, e vejo quais são os locais que estão vendendo o que eu quero por um preço mais baixo, assim consigo economizar”, ressalta a estudante.

O diretor de marketing do Buscapé, Fábio Sakae, conta que as empresas têm atuado de forma mais séria e com descontos reais desde o ano passado. “Em 2014 nós tivemos problemas com maquiagens de preços. Mas, desde o ano passado, temos percebido descontos reais. Acreditamos que, por conta dos descontos, o número de vendas da Black Friday pode ser melhor que o Natal”, afirma Sakae.


O gerente de shopping do Google para América Latina, Rodrigo Takahashi, ressalta que as compras pela internet ganham na comodidade. “Já no fim de outubro, temos aumento de buscas por produtos na internet. No começo de novembro, essas buscas vão aumentando. Na web, as pessoas podem pesquisar preços para o mesmo produto em várias lojas”, afirma Rodrigo.

Cupons em alta

Além de economizar direto no preço do produto, os consumidores têm uma outra oportunidade para pagar menos na hora das compras. Já consolidada nos Estados Unidos, a oferta de cupons promocionais atrai cada vez mais os clientes brasileiros.

Por meio de códigos gerados por sites parceiros das empresas, o consumidor pode obter desconto na hora de adquirir qualquer produto ou serviço. Uma dos sites que se destaca na oferta de cupons é o SaveMe, que oferece descontos em eletrodomésticos, eletrônicos e serviços como restaurantes, lanchonetes, academias, etc.

Neste ano, cupons serão disponibilizados para produtos que já tem o desconto da Black Friday. O sócio-fundador do SaveMe, Guilherme Wroclawski, conta que os descontos podem chegar a 40% do valor do produto. 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade