SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cuidado com o bolso é fundamental na Black Friday: atenção ao orçamento

Com o excesso de promoções, as pessoas podem ficar deslumbradas demais e correr o risco de se endividar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/11/2016 09:05 / atualizado em 25/11/2016 09:59

Rodolfo Costa , Renato Souza - Esp. para o CB

 

Arte/CB/DA Press

Não são apenas os cuidados com fraude que devem estar na lista de preocupações dos consumidores. O cuidado com o bolso também é fundamental. Com o excesso de promoções, as pessoas podem ficar deslumbradas demais e correr o risco de se endividar.

 

Para evitar o aperto e aproveitar o que a Black Friday tem de melhor a oferecer, o educador financeiro e presidente do Instituto Eu Defino, Alexandre Arci, recomenda que o consumidor tenha definido os produtos que deseja comprar e priorize os gastos.

 

“É preciso respeitar o dinheiro e gastar o que pode. É importante saber qual o limite financeiro e até onde pode ir para fazer o planejamento de aquisições”, destaca. Uma vez estabelecida as prioridades, será possível colocar os gastos dentro do orçamento”, ressalta Arci. Ele reforça, ainda, que, a cada início de ano, há consumos essenciais e impostos a pagar, como material escolar, IPTU e IPVA.

 

Pesquise

O professor de finanças José Matias Filho, da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas, aconselha o consumidor a pesquisar bastante e optar por compras a vista quando tiver o valor total do produto. Embora a Black Friday seja uma data em que muitos demandam produtos parcelando no cartão de crédito, ele ressalta que a divisão do consumo pode não ser a melhor alternativa. “Apenas em caso de perspectiva de receber o mesmo valor gasto com as parcelas no futuro”, diz.

 

Em caso de o consumidor não conseguir lidar com nenhum pagamento de um produto de R$ 1,5 mil dividido em cinco parcelas, por exemplo, Matias Filho calcula que, ao fim do período, o custo será elevado em 40%. Ou seja, provocará um desembolso total de R$ 2,1 mil. 

 

 

 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade