Após reunião, Marun diz que placar subiu de 350 para 360 votos pela reforma

O número é bem maior do que o mínimo necessário para aprovar a reforma no plenário, que é 308 votos, equivalente a 3/5 dos 513 deputados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/04/2017 13:38

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), afirmou nesta terça-feira (18/4), que, após café da manhã no Palácio da Alvorada com parlamentares, ministros e o presidente Michel Temer, sua expectativa para o placar de aprovação da proposta no plenário da Casa subiu de 350 para 360 votos. O número é bem maior do que o mínimo necessário para aprovar a reforma no plenário, que é 308 votos, equivalente a 3/5 dos 513 deputados.

 

Leia mais em Economia

 

Marun destacou que, durante a reunião, muitos deputados aplaudiram as mudanças que o relator da matéria, deputado Arthur Maia (PPS-BA), fez no texto. "Depois da reunião de hoje, haja visto os aplausos e o número de deputados que nos procuraram para parabenizar pelo trabalho, estou subindo minha expectativa de placar de 350 para 360 votos", afirmou.

Ele confirmou que a idade mínima das mulheres será fixada em 62 anos, menor do que os 65 anos previstos para homens.

Tags: reforma marun
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.