Taxas futuras de juros sobem com dólar de olho na crise política

Após oscilar nos primeiros minutos de negócios, as taxas futuras subiram. Às 9h58, o DI para janeiro de 2019 exibia 9,11%, de 9,09% no ajuste de sexta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/06/2017 10:29

Os juros futuros operam em alta nesta segunda-feira (19/6), na esteira do dólar, reagindo ao noticiário político do fim de semana, que fragiliza ainda mais o presidente Michel Temer, acusado pelo empresário Joesley Batista, maior acionista do Grupo J&F, de ser o chefe da maior e mais perigosa organização criminosa, segundo um operador de renda fixa. 

Após oscilar nos primeiros minutos de negócios, as taxas futuras subiram. Às 9h58, o DI para janeiro de 2019 exibia 9,11%, de 9,09% no ajuste de sexta-feira. O vencimento para janeiro de 2021 marcava 10,12%, de 10,10% no ajuste de sexta-feira. O dólar à vista subia 0,58%, aos R$ 3,3103. O dólar futuro para julho estava em alta de 0,47%, aos R$ 3,320.


Antes da abertura da sessão, foi divulgado que o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou para 0,13% na segunda quadrissemana de junho - ficando 0,26 ponto porcentual abaixo do registrado na leitura imediatamente anterior, quando o indicador apresentou variação de 0,39%. 

Já o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) teve queda de 0,61% na segunda prévia de junho, ante redução de 0,89% na segunda prévia de maio. Com o resultado, o índice acumula recuo de 1,89% no ano e passou para o terreno negativo também no acumulado em 12 meses, com queda de 0,72%. A desaceleração desses índices já era esperada e não afetam as decisões de negócios.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.