Bovespa tem sessão de recuperação e sobe 0,84%

O volume de negócios reduzido, de R$ 6,6 bilhões, novamente evidenciou um mercado retraído

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/06/2017 18:28

A alta do petróleo e o noticiário corporativo favoreceram uma sessão de recuperação técnica no mercado brasileiro de ações nesta quinta-feira (22/6). O Índice Bovespa subiu 0,84%, aos 61 272,21 pontos, influenciado em grande parte pelos papéis do segmento de commodities, como Vale e Petrobras, e por grupos específicos de ações, impulsionados por notícias específicas sobre as empresas. O volume de negócios reduzido, de R$ 6,6 bilhões, novamente evidenciou um mercado retraído.



Os preços do petróleo, que ontem foram influência negativa no mercado de ações, hoje favoreceram a recuperação das ações das empresas petrolíferas pelo mundo. A brasileira Petrobras teve suas ações ordinárias e preferenciais valorizadas em 2,11% e 3,44%, respectivamente. Ainda no que diz respeito a commodities, os papéis da Vale tiveram seu segundo dia de recuperação, com influência significativa no resultado final do Ibovespa. Vale PNA foi a ação mais negociada na B3 e terminou o dia em alta de 1,61%. Vale ON avançou 2,08%. Os papéis da mineradora subiram a despeito da baixa dos preços do petróleo mas, segundo operadores, refletiram expectativas positivas para o setor como um todo.

Na análise por grupos de ações, um dos principais destaques do dia foram os do setor elétrico, que lideraram as altas do Ibovespa. Eletrobras ON subiu 6,41% e foi a maior alta do índice, refletindo a expectativa de avanço no processo de venda de ativos. Cemig PN ganhou 6,33% após a empresa anunciar o início do processo de venda de sua participação na Light.

Leia mais notícias em Economia

 

As ações do setor bancário seguiram sentidos diversos, mas a maioria com oscilações contidas. Banco do Brasil ON avançou 0,54%, enquanto as units de Santander Brasil recuaram 0,04%. A exceção ficou com as ações do Bradesco, que avançaram 1,18% (ON) e 1,25% (PN). Com o resultado de hoje, o Ibovespa reduz o acumulado de junho para uma queda de 2,29%.

Tags: bovespa
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.