Compromisso é votar reforma antes do recesso, diz presidente do Senado

Para que a votação na CCJ seja concluída ainda nesta quarta, Eunício disse que deve atrasar o início da ordem do dia, permitindo que a discussão na comissão seja concluída

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/06/2017 12:55

Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou nesta terça-feira (28/6), que seu compromisso é votar o projeto que altera a legislação trabalhista no plenário da Casa antes do dia 17 de julho, quando se inicia o recesso parlamentar. Parecer sobre a proposta deve ser votado ainda nesta quarta a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

"O meu compromisso é de votar essa matéria na semana que vem. Se possível, na semana que vem, dando prazos regimentais. Se não for possível, vamos votar antes do recesso. Esse é o meu compromisso", afirmou Eunício. 

Para que a votação na CCJ seja concluída ainda nesta quarta, Eunício disse que deve atrasar o início da ordem do dia, permitindo que a discussão na comissão seja concluída.

"Se a sessão da CCJ votar hoje essa matéria, e eu espero que vote, vou inclusive atrasar o início da ordem do dia. Porque tenho compromisso nas comissões técnicas de não interromper debates importantes como este, que está sendo esperado pelo Brasil", afirmou o presidente do Senado.

Segundo ele, após a votação na comissão, deve ser aprovado requerimento para que o projeto tenha regime de urgência no plenário da Casa. Eunício, porém, nega atropelos."Vou seguir religiosamente o regimento da Casa. Não vou atropelar, mas também não vou aceitar qualquer tipo de tumulto na direção dos trabalhos", disse.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.