Dyogo Oliveira: aprovação de precatórios permite atendimento a despesas

Segundo o ministro, a decisão do Congresso Nacional é acertada e contribui para o ajuste das contas públicas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/07/2017 18:15 / atualizado em 05/07/2017 18:29

Reprodução/ Twitter

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, comentou, via Twitter, a aprovação do Projeto de Lei dos Precatórios no Senado. Segundo ele, a decisão do Congresso Nacional é acertada e contribui para o ajuste das contas públicas. 

 

Leia mais notícias em Economia 


"A aprovação dos precatórios permite em um primeiro momento o atendimento de despesas urgentes e prioritárias para a manutenção de serviços públicos essenciais", destaca Oliveira. O governo divulga o relatório de receitas e despesas do 3º bimestre com as alterações orçamentárias até o dia 22 deste mês.

O PLC 57/2017 foi aprovado por 44 votos a 23. O texto determina que as dívidas do poder público depositados há mais de dois anos não sacados pelos beneficiários sejam restituídas aos cofres públicos.

 

O projeto foi proposto pelo Executivo para aumentar a entrada no caixa. A expectativa é de que o governo consiga arrecada R$ 8,6 bilhões. O presidente Michel Temer ainda precisa sancionar o PLC.

 

 

 

 

 

 

*Estagiário sob supervisão de Anderson Costolli 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.