Brics defendem tratados de livre comércio mais abrangentes, diz Meirelles

Segundo Meirelles, o encontro concluiu que é interesse dos países emergentes uma maior abertura do comércio internacional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/07/2017 11:44

Antes do início da reunião de líderes do G-20 - que começa nesta sexta-feira (7/7), em Hamburgo, na Alemanha, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, representou o País em um encontro dos Brics, grupo de países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Em um vídeo publicado em seu perfil no Twitter, o ministro considerou a reunião "interessante e produtiva". 

Segundo Meirelles, o encontro concluiu que é interesse dos países emergentes uma maior abertura do comércio internacional. "Com tratados de livre comércio cada vez mais abrangentes visando propiciar acesso aos mercados de grande porte. De maneira que empresas brasileiras, por exemplo, tenham maiores oportunidades de exportação, gerando empregos no país", afirmou.

Os Brics também conversaram sobre as instituições multilaterais, como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial. "É importante cada vez mais que os países emergentes tenham uma representação e voto nessas instituições, que representem o tamanho dessas economias emergentes hoje no mundo", acrescentou.

Também foi abordado o interesse desses países na situação climática. "Isto é, com um acordo de clima que leve em conta de fato as realidades internacionais", concluiu o ministro.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.