Caixa libera último lote do FGTS para contas inativas

No DF e Entorno, 57 agências funcionam neste sábado, com atendimento exclusivo a quem precisa sacar dinheiro de contas inativas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/07/2017 11:05 / atualizado em 08/07/2017 11:16

Marlla Sabino/Esp/CB/D.A Press


Os trabalhadores nascidos em dezembro já podem sacar os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). No Distrito Federal e Entorno,  57 unidades funcionam neste sábado (8/7), das 9 às 15h, para atendimento exclusivo para pagamento das contas, regularização de cadastro dos trabalhadores e cadastramento de cartões e senhas do Cartão do Cidadão.


Leia mais notícias em Economia

A dona de casa Maria Francisca Araújo, 61 anos, não quis perder tempo e mesmo com o tempo frio foi bem cedo a agência. "Nasci em 21 de dezembro e só pude pegar agora. Vim logo porque o dinheiro não pode ficar parado, sempre acaba suprindo uma necessidade em casa", contou. Ela planeja integrar o valor que a família está poupando para trocar o carro.

O operador de máquinas Edson Moreira, 40 anos, também tem planos para o dinheiro do FGTS: comprar um tênis novo para o filho. "Eu trabalho durante a semana e só tenho tempo no sábado. Já passaria no shopping para levar o presente com esse dinheiro, com o salário não dá pra comprar", contou. Mas, como Edson ainda não tem o cartão cidadão,  só poderá sacar no dia 14. "Pelo menos me deram um dia. O cartão só fica pronto em agosto, mas me deram um papel para adiantar o saque", explicou.

Antes previsto para ser liberado apenas em 14 de julho, o quinto e último lote pagará R$ 11 bilhões, para mais de 7,5 milhões de brasileiros. Para aliviar o atendimento nas agências,  o banco abrirá duas horas antes do horário normal apenas na segunda-feira (10/7).

Para todos os trabalhadores contemplados, o prazo final para o saque dos recursos das contas inativas é até 31 de julho. "É importante destacar que quem fizer o pedido até a data poderá sacar depois e quem, por algum motivo, não resgatar não perde o dinheiro. O recurso volta para a conta e ele poderá sacar com as regras anteriores", esclareceu o vice-presidente de Tecnologia da CAIXA, José Eirado.

Quem não retirar o dinheiro nesse período, só terá direito ao saque se estiver enquadrado em algumas das situações que permitem o uso do dinheiro do FGTS, trabalhadores ou dependentes no tratamento contra doenças graves, câncer, portadores do vírus HIV e pacientes em casos terminais ou se a pessoa ficar três anos sem receber depósito de empregadores na conta.

Na avaliação de Eirado, a medida foi positiva para o país. “No ponto de vista do trabalho da Caixa Econômica, nós conseguimos trabalhar o atendimento normalmente e disponibilizar o saque aos trabalhadores. Com esse último lote, vamos completar o atendimento de 30 milhões de brasileiros, que era o que prevíamos”, destacou. De acordo com o balanço da Caixa Econômica, 95% dos contemplados nos lotes anteriores já realizaram o saque.

Distrito Federal


Mais de 415 mil trabalhadores do Distrito Federal já sacaram os recursos das contas inativas liberados, o valor injetado na economia ultrapassa os R$ 739 milhões. Nessa etapa, R$ 65 milhões estão disponíveis para mais de 42 mil serão beneficiados.

Para saber quais agências funcionam neste sábado, acesse aqui o site da Caixa.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.