Meirelles diz que crescimento do Brasil está claramente demonstradado

Em vídeo divulgado no Twitter, o ministro da Fazenda afirmou que a prova da recuperação da economia é o crescimento do PIB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/09/2017 19:01 / atualizado em 01/09/2017 19:17

Beto Barata/CB/D.A Press
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a comentar o resultado do PIB do segundo trimestre, divulgado nesta sexta-feira (1/9), pelo IBGE, desta vez por meio de vídeo postado no Twitter. Nele, o ministro afirma que "o crescimento do Brasil hoje está claramente demonstrado" e que a recuperação da economia começa a ser evidenciada pelos números de crescimento do produto. 
 
 
No vídeo, o ministro detalha que o crescimento de 0,2% do PIB no segundo trimestre, na comparação com o primeiro trimestre do ano, não teve a contribuição da agricultura, que nos três primeiros meses do ano foi a responsável pela maior expansão da economia. Mas afirma que esse é um movimento normal, porque aquele trimestre era época da colheita da maioria dos produtos e grãos. "O importante é que o crescimento hoje está disseminado por todos os setores, que estão crescendo a uma taxa cada vez maior", disse o ministro. 

Meirelles destacou que os números da construção civil mostram queda, o que, na avaliação dele é normal. "Existe um grande número de imóveis a serem vendidos em função dessa enorme recessão que passamos. Portanto, o investimento no setor da construção civil ainda está baixo", afirmou o ministro, ressaltando em seguida que o investimento em máquinas e equipamentos cresceu muito. "Isso mostra que a economia de fato está se recuperando e o setor industrial está investindo para produzir mais e melhor. É um grande sinal de crescimento futuro "
 
 
 
Em seguida, o ministro lembrou que os números do PIB divulgados hoje mostraram que houve um impulso dado por um grande aumento do consumo das famílias. "Que é importante, resultado em primeiro lugar da inflação mais baixa, aumentando o poder de compra, depois dos juros caindo, o que facilita o financiamento do consumo, e de uma decisão do governo de liberar o FGTS para as famílias. Tudo isso fez com que o consumo das famílias crescesse bastante." Meirelles destacou ainda que, em contrapartida, o consumo do governo caiu, o que, segundo ele, é muito bom. "Mostra que o governo está controlando suas despesas, demanda importante para crescimento da economia e demanda da população."

Meirelles afirma que fica claro hoje que "aquilo que muitos tinham dúvidas, se a economia brasileira estava de fato voltando a crescer ou não, está voltando a crescer". Ele lembrou que ontem os dados mostraram queda do desemprego, e hoje a divulgação do crescimento da economia, do consumo das famílias, do crescimento do investimento em máquinas e equipamentos pela indústria. "Portanto, estamos no caminho certo. E, durante os próximos meses, cada vez mais, a população vai poder sentir, de fato, aumento do emprego, aumento da atividade econômica, e o padrão de vida devagar vai aumentar."

E finalizou: "Recessão muito dura que passamos, não tem dúvida, pagamos ainda os efeitos dessa recessão. Mas estamos saindo dela O caminho está certo e isso que é mais importante".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.