Sem NY, Ibovespa sobe 0,29% e atinge patamar dos 72 mil pontos

A projeção para o PIB do ano subiu de 0,39% para 0,50%, confirmando a revisões feitas desde o anúncio de crescimento de 0,2% da economia no segundo trimestre

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/09/2017 18:06 / atualizado em 04/09/2017 18:15

A ausência das bolsas de Nova York reduziu o volume de negócios nesta segunda-feira (4/9), mas não impediu o Índice Bovespa de avançar mais um pouco, alcançando o patamar dos 72 mil pontos, no qual não fechava desde novembro de 2010. O índice terminou o dia em alta de 0,29%, aos 72.128,83 pontos, depois de ter caído até 0,35% pela manhã. 
 
 
A leve alta do dia foi determinada principalmente pelas ações ligadas a commodities. Com altas de moderadas a significativas, Petrobras, Vale e siderúrgicas compensaram o fraco desempenho dos papéis do setor financeiro, que voltou a passar por correções. Profissionais do mercado afirmam que prevaleceu entre os investidores um otimismo contido em relação à economia brasileira, apesar da cautela com questões do cenário político doméstico e a tensão geopolítica envolvendo a Coreia do Norte.

"A alta do PIB, a desaceleração da inflação e a expectativa de queda de juros contribuem para uma perspectiva mais positiva para o cenário doméstico e os resultados da empresas", disse Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos. Suzaki cita ainda o Boletim Focus, do Banco Central, que em entre outros pontos mostrou hoje redução das estimativas para o IPCA de 2017, de 3,45% para 3,38%. A projeção para o PIB do ano subiu de 0,39% para 0,50%, confirmando a revisões feitas desde o anúncio de crescimento de 0,2% da economia no segundo trimestre.

Apesar das quedas do petróleo e do minério de ferro nos mercados internacionais, Petrobras e Vale terminaram o dia no azul. Petrobras ON e PN subiram 0,82% e 1,07%, respectivamente. Já Vale ON avançou 1,21%. Entre as siderúrgicas, os destaques foram Usiminas PNA (+7,89%) e Gerdau PN ( 2,54%). Segundo operadores, os papéis sensíveis a commodities metálicas refletem expectativas positivas quanto à economia chinesa, o aquecimento da economia nacional e melhora nas recomendações de compra. 

"Apesar da liquidez reduzida, alguns papéis tiveram desempenho positivo apoiados em notícias específicas de seus setores ou da expectativa de aquecimento econômico, como no caso das ações de varejo", diz Luiz Roberto Monteiro, operador da Renascença Corretora.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.