Congresso autoriza alteração nas metas para R$ 159 bilhões de déficit

Com isso, o Legislativo autoriza o governo a gastar mais R$ 20 bilhões, em 2017, e mais R$ 30 bilhões no próximo ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/09/2017 21:44

O Congresso Nacional concluiu a votação dos dois últimos destaques do projeto de lei que altera as metas fiscais deste ano e do próximo, o PLN nº 17/2017, para um rombo de R$ 159 bilhões nas contas do governo federal. Com isso, o Legislativo autoriza o governo a gastar mais R$ 20 bilhões, em 2017, e mais R$ 30 bilhões no próximo ano.
 
 
A votação do primeiro destaque foi nominal na Câmara dos Deputados e 223 parlamentares rejeitaram a proposta de alteração do texto feita pelo PT. Outros 39 foram a favor da mudança. Houve duas abstenções. Não houve votação no Senado Federal e o texto permaneceu como havia sido aprovado na semana passada. A segunda votação foi simbólica e o último destaque foi rejeitado.
 
O texto segue para sanção presidencial, mas como o Orçamento deste ano foi enviado ao Congresso com a meta antiga, de R$ 129 bilhões, o governo precisará enviar uma mensagem para alterar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) que tramita na Comissão Mista de Orçamento. A expectativa é que isso ocorra nos próximos dias.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.