Temer lança programa de microcrédito a famílias de baixa renda nesta terça

Batizado de Progredir, o programa tocado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), prevê a disponibilidade de R$ 3 bilhões para que as famílias que estão inscritas no Cadastro Único

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/09/2017 20:41 / atualizado em 25/09/2017 20:44

AFP / EVARISTO SA

 
Em meio à tramitação da segunda denúncia, o presidente Michel Temer tenta dar o ar de normalidade ao governo e nesta terça-feira, (26/9) às 11 horas, prepara uma cerimônia no Palácio do Planalto para lançar um programa de microcrédito para famílias de baixa renda. 
 

Batizado de Progredir, o programa tocado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), prevê a disponibilidade de R$ 3 bilhões para que as famílias que estão inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal. 

A ideia, segundo auxiliares do presidente, é dar prioridade aos beneficiários do Bolsa Família e criar oportunidade para que eles possam empreender e futuramente deixar de depender do benefício. 

Segundo o MDS, o objetivo é elevar a renda de até 1 milhão de famílias para que elas possam deixar o Bolsa Família num prazo de dois anos. Além da linha de microcrédito, o Progredir vai oferecer cursos de qualificação profissional. Para isso, o programa terá ações conjuntas com outros ministérios como Educação; Trabalho; Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e Ciência e Tecnologia. 

O programa também vai auxiliar na intermediação de mão de obra, por meio do cruzamento de currículos e de vagas de empregos de forma regionalizada. A expectativa é que esse eixo do projeto atinja cerca de 20 milhões de trabalhadores.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.