Dyogo: leilões de usinas são satisfatório e dentro das expectativas

O governo federal conseguiu arrecadar R$ 12,13 bilhões com o leilão de quatro usinas hidrelétricas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/09/2017 11:54 / atualizado em 27/09/2017 12:06

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press
Em comunicado divulgado na rede social Twitter, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, destacou que resultado do leilão e ágio das quatro usinas hidrelétricas, operadas pela Cemig, foram “satisfatórios” e “dentro das expectativas”.

“Resultado do leilão reforça que governo tem adotado projeções seguras a respeito das receitas”, afirma ministro. Ele também destacou que a participação de diferentes grupos internacionais no leilão da Cemig demonstra confiança na economia do país.

O governo federal conseguiu arrecadar R$ 12,13 bilhões com o leilão de quatro usinas hidrelétricas. O maior negócio foi com a empresa chinesa, que arrematou R$ 7,18 bilhões com a usina de São Simão. O grupo foi  o único a fazer a proposta.

A Engie pagou R$ 2,171 bilhões pela usina de Jaguara e R$ 1,36 bilhão pela de Miranda. A Enel ficou com a usina de Volta Grande por R$ 1,42 bilhão. O ágio foi de 9,73% em relação aos lances mínimos. 

As vendas ajudam o governo federal fechar as contas públicas na meta fiscal prevista, de um déficit de até R$ 159 bilhões. Além dos leilões das usinas, ocorre a 14ª rodada de licitação para exploração do Petróleo e Gás Natural, no Rio de Janeiro. O bônus acumulado de venda é de R$ 23,1 milhões. O governo quer arrecadar, pelo menos, R$ 1 bilhão. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.