Petrobras arremata bloco da Bacia do Paraná por R$ 1,7 milhão em leilão

O pagamento acumulado nas três primeiras bacias ofertada na 14ª rodada de licitações de exploração de Petróleo e Gás Natural foi de R$ 3,08 milhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/09/2017 11:59 / atualizado em 27/09/2017 12:16

A Petrobras foi a única empresa a apresentar oferta em um dos 11 blocos da Bacia do Paraná, na 14ª rodada de licitação para exploração de Petróleo e Gás Natural. A estatal arrematou o bloco por R$ 1,7 milhão. Os outros dez não tiveram oferta.

A bacia fica localizada no Mato Grosso do Sul e tem áreas geologicamente pouco conhecidas. Ainda não há campos produtores de petróleo ou gás natural na região. Foi a primeira oferta da estatal no leilão.

O pagamento acumulado nas três primeiras bacias ofertada na 14ª rodada de licitações de exploração de Petróleo e Gás Natural foi de R$ 3,08 milhões. A Bacia do Parnaíba, localizada entre o Piauí e Maranhão, foi a primeira a ser  A empresa Parnaíba Gás Natural adquiriu cinco blocos do setor SPN-N por R$ 2,6 milhões.

Foi a única empresa a fazer a oferta. A bacia tinha 12 blocos na rodada. Ela é a segunda maior produtora de gás natural do país. A Bacia de Pelotas, no Rio Grande do Sul, não recebeu nenhuma oferta dos seis blocos de águas profundas. São 32 empresas licitantes na rodada, sendo que 18 são estrangeiras.

A Geopark arrematou um bloco, dos 62 que estavam à venda da Bacia Potiguar, localizada no estado do Rio Grande do Norte. O pagamento foi de R$ 412 mil.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.