14ª Rodada de licitações arrecada para o governo R$ 3,842 bilhões

O último setor ofertado na 14ª Rodada foi o mais disputado e um dos blocos atingiu o valor de R$ 2,24 bilhões, em oferta do consórcio formado pela Petrobras e ExxonMobil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/09/2017 14:59

No total, a 14ª Rodada de Licitações de Áreas de Petróleo e Gás Natural arrecadou para o governo R$ 3,842 bilhões, superando a expectativa de R$ 1 bilhão do Ministério de Minas e Energia e de R$ 500 milhões da Agência Nacional do Petróleo, a ANP. 

O último setor ofertado na 14ª Rodada foi o mais disputado e um dos blocos atingiu o valor de R$ 2,24 bilhões, em oferta do consórcio formado pela Petrobras e ExxonMobil.

O bloco 346, adquirido pelo consórcio, está localizado no setor SC-AP3, na Bacia de Campos, considerado o "filé mignon" do leilão. O setor foi o único a vender todos os blocos ofertados no certame e o último a ser leiloado. O valor dos bônus da última área ofertada soma R$ 3,591 bilhões.

Shell


O presidente da Shell no Brasil, André Araújo, disse estar satisfeito com a participação da empresa na 14ª Rodada, apesar de não ter levado nenhuma área.

"A gente já tem bastante coisa (áreas no Brasil) e muito trabalho pela frente. O jogo está só começando. Temos US$ 10 bilhões para investir nos próximos cinco anos (no País)", disse Araújo.

A empresa concorreu por duas áreas na Bacia de Campos, ao lado da Repsol, e as perdeu para o consórcio liderado pela Petrobras em parceria com a ExxonMobil.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.