Presidente do Banco Central diz que sistema bancário segue capitalizado

O comentário foi feito em resposta a um questionamento a respeito das lições deixadas após dez anos da crise financeira global

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/10/2017 21:13

 AFP / EVARISTO SA

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou hoje, durante evento em Washington, nos Estados Unidos, que a "resiliência do sistema bancário contribuiu como amortecedor para a estabilidade geral da economia". O comentário foi feito em resposta a um questionamento a respeito das lições deixadas após dez anos da crise financeira global.

De acordo com Goldfajn, o sistema financeiro brasileiro reagiu bem e continua a ser capitalizado, provisionado e líquido. "O sistema financeiro doméstico experimentou um verdadeiro teste de estresse durante os dois anos de recessão", pontuou Goldfajn.

O presidente do BC afirmou ainda que o Brasil está comprometido com as reformas de Basileia, implementando sua regulação prudencial e supervisão. "Nosso sistema financeiro sólido tem sido fator importante para economia", afirmou.

De acordo com Goldfajn, uma lição relevante da crise financeira global diz respeito à importante ligação entre a flutuação dos ciclos comerciais e as fricções financeiras. "Esta é a razão para que o fomento da estabilidade financeira faça parte do mandato do Banco Central", disse.

Goldfajn falou para uma plateia do evento "Financial Times-Citi Strategic Forum". A íntegra dos apontamentos do presidente do BC está disponível no link.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.