Relatório de Mercado Focus: IPCA para 2017 sobe de 2,98% para 3,00%

Já a projeção para o índice de 2018 seguiu em 4,02%, ante 4,12% de quatro semanas atrás

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/10/2017 09:36

Os economistas do mercado financeiro elevaram suas projeções para o IPCA - o índice oficial de preços - para este ano. O Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira (16/10) pelo BC, mostra que a mediana para o IPCA em 2017 foi de 2,98% para 3,00%. Há um mês, estava em 3,08%.

Já a projeção para o índice de 2018 seguiu em 4,02%, ante 4,12% de quatro semanas atrás.

Na prática, as projeções de mercado divulgadas hoje no Focus indicam que a expectativa é de que a inflação fique no piso da meta, de 3,0%, em 2017. O centro da meta para este ano e o próximo é de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (inflação de 3,0% a 6,0%).

No dia 6 de outubro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA de setembro subiu 0,16% - que correspondeu ao teto das projeções do mercado financeiro. No ano, a inflação acumulada é de 1,78% e, nos 12 meses até setembro, de 2,54%.

Em 21 de setembro, o BC havia atualizado no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) suas projeções para o IPCA: 3,2% em 2017, 4,3% em 2018, 4,2% em 2019 e 4,1% em 2020.

Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do IPCA no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das projeções para 2017 no Focus foi de 2,92% para 3,01%. Portanto, estas casas passaram a prever que o BC cumprirá a meta, já que a inflação ficará acima do piso de 3%. Para 2018, a estimativa do Top 5 foi de 4,09% para 3,91%. Quatro semanas atrás, as expectativas eram de 2,84% para este ano e 4,14% para o próximo

Já a inflação suavizada para os próximos 12 meses foi de 4,01% para 4,00% de uma semana para outra - há um mês, estava em 4,07%

Entre os índices mensais mais próximos, a estimativa para outubro de 2017 subiu de 0,38% para 0,40%. Um mês antes, estava em 0,35%. No caso de novembro, a projeção seguiu em 0,35%, ante 0,39% de quatro semanas antes.

No RTI, o BC também havia atualizado suas projeções de inflação de curto prazo: 0,46% para outubro e 0,40% para novembro. 

Preços administrados

O Relatório de Mercado Focus indicou elevação na projeção para os preços administrados neste e no próximo ano. A mediana das previsões do mercado financeiro para o indicador em 2017 foi de alta de 6,60% para avanço de 6,66%. Para 2018, a mediana foi de 4,70% para 4,80%. Há um mês, o mercado projetava aumento de 6,43% para os preços administrados em 2017 e elevação de 4,70% em 2018.

No Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado em 21 de setembro, o BC atualizou suas projeções de alta para os preços administrados: 7,4% em 2017, 5,2% em 2018, 4,3% em 2019 e 4,2% em 2020. 

Em 29 de setembro, foi a vez de a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciar a adoção da bandeira vermelha patamar 2 na conta de luz em outubro.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.