Queda de preço do combustível em bombas do DF não atinge 3%

Consumidores buscam alternativas para gastar menos, como o uso do transporte público

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2017 06:00

 Ed Alves/CB/D.A Press
 


Os postos não estão repassando aos consumidores a queda de preços dos combustíveis promovida pela Petrobras nas refinarias. Enquanto o recuo no valor da gasolina promovido pela estatal, entre 13 de setembro e ontem, chegou a 3,7%, na maioria dos estabelecimentos pesquisados pelo Correio, ficou abaixo de 3%. Em alguns, o preço foi reduzido em apenas 2,18%.

 

Leia mais notícias em Economia 


De acordo com especialistas, diversos fatores influenciam no valor que o combustível chega às bombas. “Existem muitos elementos que podem alterar o preço da gasolina nos postos de combustíveis, como a margem de distribuição, os impostos tanto federais quanto estaduais, a margem de varejo, entre outros”, explicou o economista Walter de Vitto.

Quem paga a conta reclama. Na opinião o motorista Maurício Borges, 54, o único ajuste perceptível são os aumentos no preço do combustível. “O comum é vermos sempre o valor da gasolina aumentando. Raramente conseguimos ver queda, e quando ela acontece é mínima e não anula o valor do aumento anterior” salientou.

Maurício, que trabalha com o veículo, diz que gasta em média R$ 2 mil em combustível por mês, e afirma que são poucos lugares que consegue preço bom para abastecer. “Como trabalho com transporte particular não tenho muito o que fazer, só pesquisar muito e pegar promoções. Hoje em dia, não consigo abastecer em qualquer estabelecimento, depende do valor”, ponderou.

Mudança


Para o vigilante André Luiz Vidal, 34, a alternativa vai ser a substituição do carro pelo transporte alternativo, na hora de ir para o trabalho. Gastando por volta de R$ 400 por mês, André fez as contas e afirma que a economia garantida. “Eu não tenho mais condições de ficar pagando esse valor no combustível. Na cidade que moro, em Brazlândia, a gasolina mais barata está a R$ 4,09. Mesmo sendo menos confortável, vou passar a usar o serviço de ônibus, para economizar”, contou.

De acordo com o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), Adriano Pires, os consumidores precisam entender que a variação de preços do combustível funciona como qualquer outro produto e se ajusta ao modelo de negócio de cada empresa. “O estabelecimento não tem obrigação de reajustar o preço, cada empresa é livre para decidir isso. Claro que o mercado define os valores. Se o preço de um estabelecimento estiver muito acima, as pessoas vão deixar de abastecer nesse posto e procurar locais mais em conta”, explicou.

Mas Adriano alerta para as possíveis formações de cartéis. “Quando os preços de uma região são muito semelhantes, é preciso investigar. Se o consumidor perceber que os valores desses estabelecimentos aumentam em proporções e em períodos parecidos e abaixam da mesma forma pode ser que as empresas estejam formando cartéis”, afirmou. Com a constatação, o especialista indica que o consumidor denuncie a atividade ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para que os locais sejam pesquisados.

*Estagiária sob supervisão de Rozane Oliveira

Fique de olho 
(Gasolina - R$/litro) 

Posto    Endereç    13/9    16/10    

 

Petrobras    Eixo W 105 Sul    4,12    3,91
Petrobras    Eixo w 106 Sul    4,12    3,91
Petrobras    Eixo W 113 Sul    4,05    3,97
Shell    Eixo W 115 Sul    4,05    3,91
Petrobras    Eixo L 214 Sul    4,12    3,91
Petrobras    Eixo L 212 Sul    4,12    3,91
JarJour    Eixo L 210 Sul    4,12    3,90
PB    Eixo L 206 Sul    4,12    3,90
Ipiranga    Eixo L 204 Sul    4,12    3,91
Petrobras    Eixo L 202 Sul    4,12    3,97
Petrobras    Eixo L 203 Norte    4,11    4,03
Ipiranga    Eixo L 204 Norte    4,19    4,10
Jarjour    Eixo L 206 Norte    4,12    3,90
Petrobras    Eixo L 208 Norte    4,13    3,94
Ipiranga    Eixo L 210 Norte    4,11    3,98
Shell    Eixo L 212 Norte    4,11    3,98
Petrobras    Eixo L 214 Norte    4,13    3,98
Ipiranga    Eixo W 115 Norte    4,21    3,10
Petrobras    Eixo W 113 Norte    4,11    3,90
Ipiranga    Eixo W 112 Norte    4,11    4,03
Shell    Eixo W 109 Norte    4,12    3,99
Petrobras    Eixo W 107 Norte    4,11    3,93
Petrobras    Eixo W 105 Norte    4,13    3,96
Petrobras    Eixo W 103 Norte    4,13    3,10

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.