Consumidor está mais confiante na economia em outubro, diz CNI

Apesar do aumento no mês, o índice está 6,6% da média histórica, ou seja, os consumidores continuam a achar que a economia está pior que o normal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Após registrar queda em setembro, a confiança consumidor está mais confiante na economia do país. O Índice Nacional de Expectativa (Inec) de outubro chegou aos 101,2 pontos, após uma alta de 2,7% em relação ao mês anterior. O anúncio foi feito na tarde desta segunda (30/10).
O indicador tinha registrado queda de 3,1% em setembro, frente a agosto. Apesar do aumento no mês, o índice está 6,6% da média histórica, ou seja, os consumidores continuam a achar que a economia está pior que o normal.

A CNI destacou, porém, que os números mostram variações positivas em relação a setembro, como os índices de expectativa de emprego e o de inflação, que subiram, respectivamente, 11,5% e 7,3%. "Os índices refletem uma redução do percentual de consumidores esperando aumento do desemprego e da inflação nos próximos meses”, afirmou Marcelo Azevedo, economista da Confederação. 

Do seis componentes do índice, dois apresentaram queda em outubro: o índice de situação financeira, que caiu 2,1%, e de expectativa de compras de bens de maior valor, que retraiu 0,6%.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.