CPMI da JBS aprova requerimento para convite de Gilmar, Moro e Dallagnol

A CPMI também aprovou o convite do presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, e do ex-juiz e idealizador da Lei da Ficha Limpa, Marlon Reis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/10/2017 12:28

A CPMI da JBS aprovou requerimentos para convidar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, o juiz da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, Sérgio Moro, e o procurador da República do Ministério Público Federal do Paraná, Deltan Dallagnol. 

A CPMI também aprovou o convite do presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, e do ex-juiz e idealizador da Lei da Ficha Limpa, Marlon Reis. Ainda não há data prevista para serem ouvidos.
 

Os convites foram aprovados na mesma sessão em que foi trazido para depor o ex-executivo do Grupo J&F Ricardo Saud, que firmou acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal, homologado pelo Supremo em maio, mas atualmente encontra-se com o acordo suspenso. Saud preferiu ficar calado argumentando que só falará quando tiver seus direitos restabelecidos.

Enquanto discutiam os nomes de Moro, Dallagnol e Mendes, foram citados os nomes da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. Um parlamentar, no entanto, falou que trazer Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso ao mesmo tempo poderia não ser uma boa ideia, depois de eles terem discutido em sessão do plenário do Supremo na semana passada.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.