Secretário de Previdência: "Governo está focado na aprovação da reforma"

A intenção, segundo Marcelo Caetano, é que se aprove o texto ainda em novembro, "se possível, na semana do dia 20 ou do dia 27"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2017 21:04

Ed Alves/CB/D.A Press

 
O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, que participou da reunião entre ministros e líderes da base no Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (6/11), afirmou que o governo está "focado na aprovação da reforma". A intenção, segundo ele, é que se aprove o texto ainda em novembro, "se possível, na semana do dia 20 ou do dia 27", avaliou.
 
 
Após conversa com o presidente Michel Temer, ontem, Caetano afirmou que "não viu desânimo nenhum" por parte do presidente. "Conversei pessoalmente com ele e vi uma posição convicta da necessidade da aprovação da reforma", garantiu o secretário. Ele ressaltou que a decisão sobre o melhor momento cabe ao Congresso.
 
A articulação deve se intensificar ao longo das próximas semanas, para garantir que o ano não terminará sem que se avalie a reforma da Previdência. "Nas próximas duas semanas vamos ter um trabalho muito grande de articulação política para a votação da reforma", disse Caetano. 

Sem consenso

Mesmo os parlamentares tendo deixado claro aos representantes do Executivo que não será possível conseguir os 308 votos para que se aprove a reforma completa na Câmara, Caetano defende que o ponto de partida continua sendo o relatório aprovado na comissão especial, em maio, de autoria de Arthur Maia (PPS-BA). O relator, apesar de ser um dos parlamentares mais familiarizados com o tema, não participou da reunião de ontem. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.