Indústria sobe 1,5% em 12 meses e mantém processo de retomada

O aumento da produção industrial sinaliza uma retomada da capacidade instalada dos parques industriais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/12/2017 09:52

Biotechnos/Divulgação

A indústria segue em retomada. No acumulado em 12 meses encerrados em outubro, a produção de manufaturados subiu 1,5%. É a segunda alta consecutiva nessa base comparativa desde o período entre abril e maio de 2014, segundo dados divulgados nesta terça-feira (5/11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação entre outubro com igual período do ano passado, houve um crescimento de 1,9% -- a maior alta para o mês desde 2013.

Em outubro na comparação com setembro, o setor também manteve uma reação. Nesse período, a produção industrial subiu 0,2%. Na comparação imediatamente anterior, em setembro frente a agosto, a alta foi de 0,3%. O desempenho da indústria é extremamente positivo para a economia. 
 
O aumento da produção industrial sinaliza uma retomada da capacidade instalada dos parques industriais. É um indício de que não somente a demanda do mercado externo está ajudando a puxar a atividade, mas também o mercado interno. Ou seja, há uma incipiente, mas crescente melhora da demanda das famílias.

As principais influências no setor em outubro vieram das indústrias de produtos farmoquímicos e farmacêuticos, e das indústrias de bebidas. Nesses dois segmentos, a produção subiu 20,3% e 4,8%, respectivamente, em relação a setembro. Outras contribuições vieram das atividades de confecção de artigos de vestuário e acessórios (4,3%), de metalurgia (1,6%), de máquinas e equipamentos (1,3%), e de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados (3,8%). Ao todo, 15 dos 24 ramos pesquisados registrou alta.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.