oferecimento

Toda atenção é pouca: entenda como declarar domésticos

Limite máximo permitido para abatimento no IR é de R$ 1.182,20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/03/2016 06:10

O contribuinte que tem empregado doméstico com carteira assinada deve lembrar que, ao fazer a declaração do Imposto de Renda 2016, tem o direito de lançar os gastos na declaração e abater até R$ 1.182,20 do tributo devido. O desconto pode reduzir o IR a pagar ou aumentar o valor da restituição.

A questão, porém, ainda gera polêmica, porque tem muita gente reclamando das limitações impostas pela Receita Federal. Só é possível lançar as despesas em um CPF, abater as despesas com apenas um doméstico e o salário base usado é o mínimo do ano passado, de
R$ 788. Ou seja, mesmo que o empregado ganhe mais do que isso, a diferença não é levada em conta.

Só será possível abater mais de um doméstico se outro integrante da família for o responsável pela assinatura da carteira de trabalho. Quer dizer, o marido é o contratante da cozinheira e a mulher, da babá. “Mas é preciso estar tudo comprovado, ter o registro formal”, diz Luiz Fernando Nóbrega, do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Ele alerta que “sempre é bom guardar a documentação”, para o caso de o contribuinte cair em malha fina.

Diferença

Para o supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda da Receita, Joaquim Adir, os gastos com domésticos são “uma das deduções mais importantes”. Portanto, separe todos os documentos, confira os valores e, na dúvida, busque a ajuda de um especialista. Nessas horas, o serviço de um profissional gabaritado faz a diferença, pois o Leão não aceita informações pela metade nem dados desencontrados.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.