oferecimento

Prazo para entregar a declaração do IR termina nesta sexta-feira

Receita Federal só aceitará envio da declaração até as 23h59m59s. Depois disso, sistema ficará travado até a próxima segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/04/2016 06:49

Cerca de 6 milhões de contribuintes deixaram para entregar a declaração do Imposto de Renda 2016 nos últimos instantes. Os computadores do Serpro estão programados para receber os dados relativos a 2015 até as 23h59m59s de hoje. O sistema vai travar depois desse horário, alerta a Receita Federal. A recepção será interrompida, e a reabertura se dará somente às 8h na segunda-feira, 2 de maio.

O supervisor Nacional do Programa do IR, Joaquim Adir, diz que o sistema eletrônico está preparado para atender à forte demanda dos milhares de contribuintes que sempre enviam nos últimos momentos. Mas é sempre bom ficar alerta porque, além de uma possível lentidão, podem ocorrer outros problemas técnicos. “A entrega fora do prazo leva a multa, automaticamente”, alerta Adir. Especialistas do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) recomendam que, caso o contribuinte perceba que não conseguirá fazer a prestação de contas de forma adequada, o melhor é preencher o formulário com o maior número de informações possíveis, enviar, para depois retificar a declaração.

Multa
Perder o prazo implica multa mínima de R$ 165,74, e máxima de 20% do imposto devido; assim, o melhor é reservar um tempo para evitar as garras do Leão e enviar a declaração. Depois, com calma, retorne ao programa e complete o que falta, remetendo uma retificadora, que pode ser enviada pelos próximos cinco anos. Mas é melhor não demorar, porque pode ter valores a corrigir, alerta Luiz Fernando Nóbrega, do CFC.

Apesar da necessidade de se apressar para não perder o prazo, o contribuinte precisa prestar atenção e ter cuidado ao preencher o documento. Deixar de citar rendas extras, como aluguel ou alguma indenização, pode levá-lo direto para a malha fina — o que ocorre até por digitação incorreta, como usar o ponto para separar centavos. A declaração só aceita vírgula.

É bom lembrar que a entrega no fim do prazo vai levar quem tem direito à restituição para o fim da fila de recebimento. O pagamento da devolução do IR está previsto para começar em junho, seguindo mensalmente, até dezembro, segundo a Receita. Quem entregou no início do prazo já pode consultar o extrato da declaração de IR, que avisa se o contribuinte caiu ou não na malha fina, por alguma irregularidade. Adir informou que, a partir de 10 de maio, provavelmente todos os contribuintes poderão consultar os extratos.

Os que deixaram para o último dia e têm poucas informações a repassar ao Fisco, sem muitas deduções, têm a possibilidade de fazer pelo modelo simplificado, enviar via tablets ou smartphones. Mas o aplicativo “fazer declaração” desses equipamentos eletrônicos não aceitará, retificadora.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.