oferecimento

Caixa anuncia crédito para antecipar restituição de imposto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

A Caixa Econômica Federal anunciou a abertura de linha de crédito para antecipação da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF 2017). O banco vai liberar somente 75% do valor constante da declaração apresentada pelo cliente, cobrando juros a partir de 2,1% ao mês.

Em nota, a Caixa informa que se alinhou às demais instituições financeiras que lançaram essa linha de crédito em conjunto com a abertura do prazo para entrega da declaração do IRPF 2017, em 2 de março. O prazo de prestação de contas ao Leão prossegue até a meia noite de 28 de abril.

O banco oficial informou que a liquidação do empréstimo será na data do crédito da restituição do imposto pelo Tesouro Nacional ao cliente, cujo calendário para este ano já foi divulgado. A Receita Federal prevê o pagamento em sete lotes mensais, iniciando em 16 de junho próximo.

Caso o cliente da Caixa tenha sua declaração retida na malha fina, e não seja ressarcido até o último lote de restituição regular previsto para meados do último mês, o banco vai cobrar a fatura em 30 de dezembro deste ano.  

Embora não tenha informado a taxa máxima a ser cobrada pelo banco, conforme divulgaram as demais instituições financeiras, o diretor executivo de Produtos de Varejo da Caixa, Humberto Magalhães, afirmou que “a linha de crédito é uma excelente opção para os clientes que precisam de um recurso imediato para qualquer finalidade”. Seja para “adquirir um bem, fazer uma viagem ou mesmo para quitar alguma dívida. O produto está disponível com uma das melhores taxas do mercado”, comentou Magalhães, em nota divulgada por sua assessoria.

Entre os demais bancos, a linha de crédito para antecipação da restituição do imposto de renda que o contribuinte teve retido em 2016 terá custo máximo entre 3,35% (Banco de Brasília) e 4,59% mensais (Santander). O Itaú Unibanco, maior instituição financeira do país, não divulgou os juros que vai cobrar de seus clientes nesse tipo de empréstimo. 

Tags: ir2017
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.