SIGA O
Correio Braziliense

Joga Brasília reúne fãs de jogos de tablueiro no Parque da Cidade

Quarta edição do festival acontece nesta quinta-feira (21), como parte das comemorações pelo aniversário da capital

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/04/2016 14:05 / atualizado em 21/04/2016 18:14

Reprodução/Facebook/Joga Brasília


Em tempos de vídeo game, jogar tornou-se uma ação solitária. Porém, ainda há quem aposte no contato interpessoal propiciado pelos jogos de tabuleiro. E promover essa interação é exatamente a proposta do evento Joga Brasília, que acontece no Parque da Cidade nesta quinta-feira (21/4), como parte das comemorações pelo aniversário da capital.

No festival, estarão reunidas algumas das principais lojas de jogos de Brasília e de outros estados, apresentando e convidando os presentes a testar as novidades desse mercado. “É uma oportunidade paras pessoas sentarem, jogar e conhecer as lojas. Não existe um público específico, é pra família toda”, afirma Luiz Cláudio da Mata, organizador do evento.

Será a quarta edição do evento. Neste ano, porém, o evento, criado em 2013, é realizado pela primeira vez em um lugar aberto. “Pra gente vai ser uma surpresa, porque é um público diferente, um ambiente diferente. É quase um renascimento”, afirma. Também em 2016, os organizadores decidiram passar a realizar mais de uma edição por ano. A próxima está marcada para junho e terá duração de três dias.

Esta edição do Joga Brasília guarda ainda mais uma novidade: o festival será realizado em parceria com o Picnik, outro tradicional evento da cidade. “Como o perfil de público era mais ou menos parecido e o objetivo também era o mesmo - celebrar o aniversário de Brasília - a gente decidiu experimentar. Os dois saem ganhando”, avalia.

O festival ficará no estacionamento 4 do Parque da Cidade, das 13h às 22h. A entrada é gratuita, mas para participar da disputa dos jogos é cobrada uma taxa de R$ 5. A classificação indicativa é livre.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade